Ronda Coronavírus: favelas do Rio tem 153 casos e 24 óbitos de coronavírus

Data:

Morre liderança da segunda favela mais antiga da Maré. Transporte intermunicipal é liberado para trabalhadores. 

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informa que registra, até esta segunda-feira, 27 de abril, 7.944 casos confirmados e 677 óbitos por coronavírus no estado. Há ainda 276 óbitos em investigação. São 5.261 pessoas infectadas de Covid-1919 só na cidade do Rio de Janeiro. As favelas da cidade confirmam 153 casos e 24 óbitos de acordo com os dados fornecidos pelas secretarias. Rocinha e Cidade de Deus apresentam mais moradores contaminados, 71 casos e 9 óbitos no total. De acordo com os dados publicados pelo Painel Rio Covid-19 se mantém em 12 as confirmações de coronavírus na Maré, com 4 óbitos. Bonsucesso, bairro vizinho tem 52 confirmações.

Seu Atanásio Amorim, de 89 anos, morador da Baixa do Sapateiro há 65, morreu nesta sexta-feira, 24 de abril, de pneumonia. Atanásio foi um dos grandes arquivos vivos da memória de luta e resistência da Maré, foi presidente da comissão elétrica e vice-presidente da Associação de Moradores da Baixa do Sapateiro, garantindo direitos como energia elétrica e água para a comunidade. Veja mais no link: https://mareonline.com.br/nota-de-pesar/morre-uma-das-primeiras-liderancas-da-mare/

A circulação de pessoas no transporte intermunicipal de passageiros no estado do Rio de Janeiro foi liberada para trabalhadores de atividades essenciais. Para emitir a Autorização Especial para Uso do Transporte Público Intermunicipal, neste período de restrições devido à pandemia, a empresa contratante deverá enviar à SEDEERI (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Emprego e Relações Internacionais) um e-mail para [email protected], relatando a real necessidade da autorização.   

A prefeitura do Rio de Janeiro suspendeu a realização de feiras livres na cidade por 10 dias, a partir da última quinta-feira, 23 de abril. A Maré tem algumas grandes e médias feiras livres de alimentos e itens em geral. A feira da Teixeira Ribeiro, não aconteceu neste sábado, porém haviam barracas de frutas e legumes em alguns pontos da região, que também é local de uma lotérica. Moradores relataram a continuidade da aglomeração neste e outros pontos da Maré.  

A Redes da Maré publicou nesta segunda-feira, uma campanha mobilizando moradores para que orientem e ajudem pessoas que apresentem sintomas ou sejam pacientes confirmados com o novo vírus. O objetivo da iniciativa é promover uma cultura de solidariedade e não preconceito à pessoas infectadas ou suspeitas do coronavírus, no território.

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Ministra da Saúde faz balanço sobre primeiro ano à frente da pasta e garante prioridade para reconstrução do SUS

Nísia não só resistiu à guerra das fake news – com amplo apoio da comunidade científica brasileira e internacional – como liderou um esforço de resistência (e ciência!) da Fiocruz para combater o coronavírus e salvar vidas na pandemia.

Justiça Itinerante anuncia calendário de 2024; confira datas e locais

O Programa divulgou as datas de atendimento ao público em todo o ano de 2024. Entre os serviços prestados pelo programa estão a retificação de registro civil e gratuidade para segunda via de identidade