Últimas semanas para se inscrever no Congresso Falando sobre Segurança Pública na Maré

Data:

Segunda edição do Congresso organizado pela Redes da Maré aceita submissão de trabalhos até seis de outubro

Interessados em participar do 2º Congresso Falando sobre Segurança Pública na Maré podem inscrever seus trabalhos de categorias de resultado de pesquisa empírica, relato de experiência e reflexão/ estudo teórico-metodológico. 

O evento é aberto ao público, realizado na Maré, e reúne profissionais, estudantes, ativistas e pesquisadores. O tema desta edição se baseia na pergunta: Como construir estratégias de efetivação e promoção do direito à segurança pública e acesso à justiça em regiões da cidade onde as políticas públicas são historicamente negligenciadas pelo Estado?

Leia Mais:

O Congresso

O evento está em sua segunda edição e, além de pesquisadores e profissionais, conta com a presença de crianças e adolescentes de oito instituições públicas, entre Primeira Infância, Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Os estudantes preparam atividades nas escolas sobre Segurança Pública na Maré para apresentar no congresso. Para os coordenadores do evento, é importante a participação do público infantil e jovem nos espaços de discussão. 

“O De Olho na Maré, que coleta e sistematiza informações sobre situações de violência nas 16 comunidades da Maré e está mais na linha de frente da organização do evento, entende que esses espaços são importantes pensando em impactar na redução das violências, em ampliar o acesso aos direitos, em visibilizar as ações e as negligências do Estado”

Luiz Carlos Júnior, coordenador do Congresso. 

Submissão de trabalhos

O trabalho deve ser inscrito em um dos eixos temáticos:

  • Produção do espaço urbano, território, segurança pública e favelas
  • Desigualdade sociorracial, acesso à direitos, atendimento, acolhimento e acompanhamento de vítimas de violência
  • Ampliação de cidadania, controle social e direitos humanos
  • Capitalismo, racismo e violência policial
  • Mídia, meios de comunicação e favela

O Congresso é organizado pelo Eixo Direito à Segurança Pública e Acesso à Justiça da Redes da Maré e o edital está disponível em seu site.

Cronograma

06/10 – Encerramento da submissão de trabalhos

22/11 – Divulgação dos trabalhos aprovados para apresentação

05/12 – 2º Congresso Falando sobre Segurança Pública com Crianças e Adolescentes da Maré

06/12 – Primeiro dia de Congresso 2º Congresso Falando sobre Segurança Pública na Maré

07/12 – Segundo dia de Congresso

08/12 – Último dia de Congresso

Os interessados em participar do congresso como observadores poderão se inscrever até o primeiro dia do evento (06/12).

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Ativista e jornalista da Maré no G20

Do Conjunto de Favelas da Maré à conferência da 19a reunião de cúpula do G20, a trajetória de Kaya Bee, moradora da Nova Holanda é um exemplo inspirador na luta por um futuro mais justo e sustentável. Aos 27 anos, mãe, ativista climática e estudante de jornalismo, ela carrega a força e a resiliência de quem enfrenta os desafios da vida na favela com a determinação de transformar a realidade para os mareenses.