Ronda Maré de Notícias: Saúde da cidade do Rio pode entrar em colapso

Data:

Nota Técnica da UFRJ aponta medidas para conter a disseminação do vírus

Por Andressa Cabral Botelho, em 04/12/2020, às 19h57
Editado por Edu Carvalho

A população fluminense viu crescer ao longo das últimas semanas o número de casos e mortes pelo novo coronavírus no estado do Rio, que nesta semana passou a ter a maior taxa de mortalidade do país, de acordo com levantamento do MonitoraCovid-19, desenvolvido pela Fiocruz. Ao todo são 131 mortes por 100 mil habitantes. Com isso, o levantamento indica também que o sistema de saúde, principalmente da cidade do Rio de Janeiro, está à beira de um colapso. 

No dia 04 de dezembro, a taxa de ocupação dos leitos de UTI no município do Rio é de 91% e 344 pessoas aguardavam na fila por um leito de UTI no Sistema Único de Saúde (SUS) na capital e na Baixada Fluminense. Por meio de Nota Técnica, Grupo de Trabalho (GT) Multidisciplinar para o Enfrentamento da covid-19 da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) destacou o aumento dos números de casos e mortes e apresentou medidas para conter a disseminação do vírus nesse momento, analisando a crescente dos números. Como soluções, o GT aponta que deveriam ser tomadas algumas medidas, como:

  1. Abertura imediata de leitos hospitalares, incluindo os de UTI, além de contratação imediata de profissionais de saúde para atuarem nesses leitos e aquisição de insumos e equipamentos para a assistência aos pacientes;
  2. Ampla testagem por RT-PCR em todos os casos suspeitos, rastreamento de seus contatos e isolamento para pessoas que testarem positivo;
  3. Reforço nas campanhas de esclarecimento sobre as medidas preventivas. 
  4. Ampliação da oferta de transporte público a fim de evitar aglomeração. 
  5. Retroceder na liberação das praias. 
  6. Avaliação da decretação de lockdown em caso de piora.

Diante o atual cenário, o Comitê Científico do município recomendou recuo para a primeira fase da flexibilização da cidade, incluindo implantar medidas de isolamento. Entretanto, as medidas não foram seguidas pelo prefeito Marcelo Crivella. O governador em exercício Claudio Castro voltou a descartar a possibilidade de realizar um fechamento total das atividades do estado mesmo com o avanço dos números. Em reunião nesta sexta-feira, prefeito e governador concordaram em ampliar a fiscalização sobre o uso de máscara e distanciamento social. A partir de segunda-feira (07) as aulas municipais estarão suspensas. Foi anunciado também que o governo do estado irá abrir 386 leitos na próxima semana, sendo 314 de UTI, enquanto o município irá ofertar nos próximos 15 dias 170 leitos de enfermaria e mais 50 de UTI nos próximos 21 dias. Além disso, todos os tomógrafos da rede municipal de saúde vão funcionar 24 horas por dia.

Os números são preocupantes: 2.456 novos casos e 126 novas mortes, de acordo com o Ministério da Saúde, totalizando 367.641 casos confirmados e 23.017 mortes confirmadas, segundo a Secretaria de Estado de Saúde. Na cidade do Rio de Janeiro são mais de 143 mil pessoas infectadas e mais de 13 mil mortes, segundo o Painel Rio Covid-19, da Prefeitura. A Maré tem hoje, 04 de dezembro, 2.449 casos e 158 mortes – entre confirmadas e suspeitas, de acordo com levantamento realizado pelo Painel Unificador COVID-19 nas Favelas do Rio de Janeiro. As favelas já somam 20.213 casos e 2.354 mortes pelo novo coronavírus.

SES e Dados do Bem

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) inicia o programa de ampliação de testagem por RT-PCR para covid-19. Os testes poderão ser agendados pelo aplicativo Dados do Bem e os exames serão realizados em três polos: no Colubandê, em São Gonçalo, no Hospital Estadual Alberto Torres e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA); e em Volta Redonda, no Hospital Regional do Médio Paraíba Dra. Zilda Arns. Serão feitos 1500 exames por dia. O teste é para pacientes sintomáticos a partir de 12 anos que estejam entre o primeiro e o sétimo dia de início dos sintomas, além de pessoas que tiveram contato próximo com casos confirmados de Covid-19. 

O exame é feito através da coleta de amostras no nariz com uma espécie de cotonete. Caso de resultado positivo para Covid-19, o paciente poderá indicar até cinco contatos de familiares para realizarem testes também.

Defensoria Pública em Ação na Maré

Assim como aconteceu em novembro, o projeto “Defensoria Pública em Ação na Maré” terá mais uma edição on-line no dia 12 de dezembro, para garantir mais acesso à justiça aos moradores do Conjunto de Favelas da Maré. Serão atendidas as demandas da área cível e criminal, com levantamento prévio da equipe da Redes da Maré. Os atendimentos precisam de agendamento prévio. Para garantir a sua vaga, envie mensagem de texto para a Redes pelo WhatsApp (21) 99924-6462 de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, até o dia 07 de dezembro (segunda-feira). Caso o agendamento seja feito depois do dia 07/12, ele será recolocado na ação de janeiro de 2021. Saiba mais.

Distribuição de água irregular

A Cedae segue realizando reparo emergencial na Elevatória do Lameirão, que abastece as cidades do Rio de Janeiro e Nilópolis. A concessionária tem operado com 75% de sua capacidade e, com isso, diversos bairros vem sofrendo com falta de água. O prazo para conclusão do reparo permanece o mesmo informado anteriormente: em até 19 dias. A empresa disponibilizou o mapa, que será atualizado diariamente, das áreas potencialmente afetadas pelo serviço. O material pode ser acessado pelo site da empresa.

Bandeira II durante o mês de dezembro nos táxis

No mês de dezembro, a Secretaria Municipal de Transportes autorizou que táxis amarelinhos usassem a bandeira II, conforme Resolução 3328, publicada no Diário Oficial. A cobrança, feita anualmente, é válida durante todo o mês de dezembro e está prevista no Código Disciplinar do modal. O valor do quilômetro rodado da bandeira II é de R$ 3,12, enquanto a tarifa convencional é de R$ 2,60 por quilômetro rodado. Para quem utiliza o serviço, a dica para quem utiliza é instalar no celular do aplicativo Taxi.Rio, que oferece descontos de até 40%.

Raiva animal

Começou a campanha municipal de vacinação antirrábica 2020. Leve seus bichinhos de estimação. A campanha acontece neste sábado (05), das 9h às 16h em algumas localidades da Maré:

– Associação de Moradores de Marcílio Dias – Rua Lobo Júnior, 83. 
– CMS Américo Veloso – Rua Gerson Ferreira, 100, Praia de Ramos.
– EM Teotônio Vilela – Rua Manoel Falcão Alves Maranhão, S/N, Conjunto Esperança.
– Associação de Moradores da Vila do João – Rua quatorze, 222. 
– Associação de Moradores da Vila dos Pinheiros – Via A/1, 73.
– XXX Região Administrativa – Rua Principal, S/N, Nova Maré.
– Associação de Moradores do Morro do Timbau – Rua dos Caetés, 30.
– Associação de Moradores da Baixa do Sapateiro – Rua Nova Canaã, 08.
– Associação de Moradores da Nova Holanda – Rua Tancredo Neves, S/N.
– Associação de Moradores do Rubens Vaz – Rua João Araújo, 50.
– Associação de Moradores do Parque União – Rua Ari Leão, 33. 
– Associação de Moradores do Parque Maré – Rua Flávia Farnese, 45.
– Mini Centro de Castração – Avenida Brasil, em frente a passarela 9.

Sebrae Negócios – Food Service

O Sebrae Rio e o SENAC realizam em parceria o evento Sebrae Negócios – Food Service. O evento online e gratuito vai acontecer de 08 a 10 de dezembro, de 10h às 19h, e oferecerá palestras e oficinas com grandes nomes do setor de alimentação, como o Chef de cozinha e empresário Claude Troisgros. Confira a programação completa no link.

Agenda cultural

Começou na quinta-feira (03) e vai até domingo (06) a primeira edição virtual da Festa Literária Internacional de Paraty, a FLIP. A programação é gratuita e começa às 18h com a mesa Diásporas, reunindo a londrinense Bernardine Evaristo, primeira escritora negra a receber o Booker Prize, e a carioca Stephanie Borges, vencedora do IV Prêmio Cepe Nacional de Literatura na categoria poesia com seu livro de estreia, Talvez precisemos de um nome para isso, de 2019. Confira a programação completa e saiba como assistir aqui.

Até o domingo, dia 06, acontece a apresentação do espetáculo Jacksons do Pandeiro. No sábado e domingo o espetáculo será apresentado em dois horários, 17h e 20h, sendo o primeiro dos dois dias acessíveis em libras. Basta acessar o link e escolher a sessão desejada.

Perdeu as notícias da semana? O Maré de Notícias acha para você!

Terça-feira (01/12)

Edição Especial do Radar Covid-19: Favelas reúne relatos de Agentes Comunitários de Saúde, por Edu Carvalho. Leia mais.
Redes da Maré recebe Destaque do Prêmio Innovare por iniciativa que promove acesso à justiça, por Edu Carvalho. Leia mais.
Dia Mundial de Luta contra AIDS marca redução de vírus no país; SUS é responsável pelo tratamento, por Edu Carvalho. Leia mais.

Quinta-feira (03/12)

Maré tem onda de incentivo à leitura durante a pandemia, por Hélio Euclides e Thaís Cavalcante. Leia mais.
Moradores denunciam falta de água na Maré e no Rio, por Thaís Cavalcante. Leia mais.
Eduardo Paes define secretários para nova prefeitura; cria da Cidade de Deus faz parte do time, por Edu Carvalho. Leia mais.
Festa Literária das Periferias, FLUP, celebra as Feministas Negras Brasileiras, por Pilar Boyero, especialmente para o Rioonwatch. Leia mais.

#CaiuNaRede é fake?

Checagem 1: Banco no Rio foi roubado, não se sabe a quantia em dinheiro levada
Checagem 2: Eduardo Paes sancionou lei que proibia Uber no Rio, mas em 2016
Checagem 3: É verdade que ninguém pode ser obrigado a fazer intervenção cirúrgica

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Festas juninas colorem as ruas da Maré e marcam a vida dos moradores

Festas juninas celebram a cultura do nordeste e a fé popular no território composto por 25% de nordestinos e quase 48% de autodeclarados católicos.