Ronda: começam os preparativos para #VacinaMaré, imunização em massa que vai acontecer na Maré

Ronda: começam os preparativos para #VacinaMaré, imunização em massa que vai acontecer na Maré

Por Edu Carvalho, em 23/07/2021 às 17h

O território mareense começa a se agitar para o #VacinaMaré, ação que pretende vacinar em massa a população nas 16 favelas do conjunto. A mobilização vai acontecer entre os dias 29 de julho e 1º de agosto, nas unidades de saúde da Maré e pretende atingir 31 mil moradores acima de 18 anos. A iniciativa faz parte de um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com Ministério da Saúde, Secretaria Municipal de Saúde, SAS Brasil, Redes da Maré, Conexão Saúde e PUC-Rio.

De acordo com o Censo Maré, o conjunto de favelas tem 51,9% de sua população formada por jovens com menos de 30 anos. Como, até o período determinado, boa parte da população acima de 34 anos já terá sido imunizada com a primeira dose, o foco será na vacinação dos jovens e pessoas ainda não vacinadas com a primeira ou segunda doses.

Todas as informações sobre a mobilização estão no site: https://www.vacinamare.org.br/. Acesse! 

Com #VacinaMaré, um radar para efetividade da vacinação

Com o estudo liderado pela Fiocruz sobre o impacto da imunização contra a covid-19, poderá ser feito um levantamento sobre a efetividade direta das vacinas na proteção contra o vírus e suas variantes.

Em entrevista à Agência Fiocruz, Fernando Bozza, pesquisador e coordenador do estudo, explicou sobre a importância do feito. “Olhar o impacto da vacinação numa grande comunidade já seria algo inédito. Agora pensar que isso será realizado na Maré, que tem dimensão populacional superior a 96% dos municípios do país, é algo único, que nos permitirá um mapeamento com características singulares. Aspectos da doença em si, como a dinâmica de transmissão do vírus no território, a vigilância de suas variantes e o acompanhamento de possíveis efeitos adversos das vacinas serão outros pontos abordados pelo estudo, para além da efetividade da vacina, que é o foco principal”. 

A vacinação em massa é apenas um dos resultados da parceria entre a Fiocruz e a ONG Redes da Maré, que, juntas, desenvolveram o projeto Conexão Saúde – De Olho na Covid, referência no combate à pandemia em territórios de favelas, com serviços de testagem, telessaúde e apoio no isolamento domiciliar de forma gratuita. 

Fiocruz e redes fazem parte da criação entidades como a SAS Brasil, Dados do Bem, Conselho Comunitário de Manguinhos e União Rio. A iniciativa já contabiliza mais de 27 mil testes diagnósticos (entre sorologia e PCR), 10,5 mil consultas de telessaúde, acompanhamento e apoio para o isolamento domiciliar de mais de 1 mil famílias com pessoas que testaram positivo para o coronavírus. 

Rio mantém medidas restritivas até 9 de agosto 

Bares, lanchonetes, restaurantes e quiosques liberados para que clientes consumam sentados e com distância mínima de 1,5 metro; apresentações em casas de espetáculo e concertos, com distanciamento mínimo e lotação máxima de 40% em locais fechados e 60% em locais abertos são algumas das medidas restritivas que seguem valendo na cidade do Rio de Janeiro. A decisão foi anunciada na apresentação do 29° Boletim Epidemiológico da Covid-19, com participação do prefeito Eduardo Paes e do Secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz. 

Na coletiva, os números da vacinação foram comemorados: 90% dos idosos vacinados receberam a segunda dose do imunizante e 70% dos cariocas adultos, a primeira dose ou dose única. Foi reforçado o pedido de uso de máscaras, com uma das maneiras de proteção mais eficazes contra a disseminação do vírus.

Cabe lembrar que, até o momento, quatro mortes pela variante Delta da covid-19 foram registradas no estado. As confirmações foram feitas na noite de ontem,  quinta-feira (22), pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Covid-19 na Maré

De acordo com o Painel Unificador COVID-19 Nas Favelas, o Conjunto de Favelas da Maré é o 1º lugar nos registros de óbitos e casos dentre as comunidades cariocas. Ao todo, são 6.421 casos e 295 mortes no território. Na lista, ainda permanecem em ordem como principais pontos de infecção e óbitos: Rocinha (3.406 casos/129 mortes), Fazenda Coqueiro (2.646 casos/216 mortes), Alemão (2.599/147 mortes), e Complexo da Penha (1.967 casos/103 mortes). 

1 ano de Painel Unificador das Favelas 

Este mês o Painel Unificador Covid-19 nas Favelas, desenvolvido através de 24 coletivos de favela e aliados, completa um ano de lançamento. A última atualização do painel, realizada no dia 16 de julho, documenta quase 80.000 casos e mais de 6.000 mortes nas favelas fluminenses desde o início da pandemia. A ação pioneira é fruto de uma iniciativa feita pelo RioOnWatch. Leia mais sobre

Nós não deixaremos de falar: vacina boa é vacina no braço.

E lembre sempre: #UsaMáscaraMorador

Até o fechamento desta edição da Ronda, o país contabilizava 530.344 óbitos e 18.962.786 casos, segundo o consórcio de veículos de imprensa (Globo, Jornal O Globo, Extra, Folha, Estado de São Paulo, G1 e UOL). Aos familiares, parentes e amigos das vítimas, nosso abraço. 

Chama olímpica acesa em Tóquio e no Rio 

Na noite desta quinta-feira (22), o Rio reacendeu a pira olímpica da Rio 2016, em alusão aos jogos que começam, oficialmente, hoje. O Centro de Operações vai fazer um monitoramento com duas câmeras diariamente.  

Mas o fogo que queimava no símbolo mais famoso do mundo resolveu apagar no meio da madrugada, e algumas pessoas fizeram piada com o caso. Antes da manhã, a pira já estava reacesa. Quem entrou na brincadeira foi o prefeito Paes: ‘’É que o fogo não veio da Grécia e não era olímpico. Acendi a tocha com um isqueiro comum.  Aí já sabe né…  Sucesso Tokio!’’.

Maré de cultura

A recomendação continua sendo ficar em casa. Mas, para aqueles que podem aproveitar o fim de semana com segurança e atrações ao ar livre, seguindo todas as medidas de segurança estabelecidas no combate à Covid-19, a Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, aposta em atividades variadas nos espaços reabertos. 

Para este sábado, tem Feirinha da Sérgio Porto, de 9h às 15h. No Museu Histórico da Cidade, na Gávea, sax com Carlinhos Dantas, às 10h30. 

Já no domingo, às 16h, o Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca, apresenta o  “Arrasta-pé das Crianças – Cia Mimos Brasil”, com Marcia Valença, Josué Soares, Michel Nascimento e Rodrigo Ferrero. Além de um show que reúne baião, forró e xaxado com canções tradicionais juninas, a criançada poderá conhecer um pouco mais da origem dessa festa através de um cordel criado especialmente para a apresentação. Para saber mais, acesse o perfil da Secretaria no Instagram

Às 20h, a MC paulistana Barbara Bivolt se apresenta no Palco Virtual do Itaú Cultural. A rapper foi descoberta na tradicional Batalha do Santa Cruz – uma das mais respeitadas batalhas de MCs do Brasil, em atividade há mais de dez anos na capital paulista. Reserve seu ingresso neste link.

No dia 25 de julho é comemorado o Dia da Mulher Negra e, para celebrar, a cantora e atriz Zezé Motta apresenta um espetáculo escrito e dirigido por Yasmin Thayná no Teatro Bradesco. Personalidades como Elisa Lucinda, Conceição Evaristo e Djamila Ribeiro gravaram depoimentos para a ocasião. #DicaDoMeio 

Até domingo também acontece o 14º Festival Latinidades, criado pelo Instituto Afrolatinas para divulgar os saberes e a cultura das mulheres negras da América Latina. Confira a programação. #DicaDoMeio

Veja o que foi destaque nesta semana no Maré de Notícias! 

Segunda-feira (19/7)

“De pouco adianta produzir dados e criar novas tecnologias se elas não servirem à população”, diz Fernando Bozza, fundador da ONG Dados do Bem, por Conexão Saúde

Podcast Ronda Maré de Notícias #09 -12 a 16/07/21

Terça-feira (20/7)

Iniciativas da Maré buscam reverter abandono escolar e fortalecer ensino público, por Hélio Euclides

‘Maré Olímpica’: ações esportivas visam potencializar trajetórias além de torneio mundial, por Tamyres Matos

Um ano do Painel Unificador Covid-19 nas Favelas: conheça sua História, por RioOnWatch

Quarta (21/7)

Curso capacitará líderes comunitários em temas como direitos humanos e implementação de políticas públicas, por Redação

#VacinaMaré: saiba todas as informações sobre a vacinação em massa que vai acontecer na Maré, por Redação

Ruas da Nova Holanda começam a receber nome e numeração, por Hélio Euclides 

Quinta-feira (22/7)

Perguntas e respostas sobre o #VacinaMaré, iniciativa que vai vacinar em massa população da Maré de 29 de julho a 1º de agosto, por Redação

‘A vida resiste’: relatório aponta que Rio registrou oito operações por dia mesmo com proibição do STF, por Edu Carvalho 

Escola Spectaculu seleciona jovens para cursos gratuitos on-line na indústria criativa, por Redação

Sexta-feira (23/7)

Município fará repescagem na vacinação para pessoas com 35 anos ou mais até esse sábado, 24; por Redação

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Edu Carvalho

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.