Ronda Maré de Notícias: Cidade do Rio se aproxima dos 300 mil casos de Covid-19

Data:

Embora todas as regiões tenham melhorado, índice de ocupação de leitos segue alto

Por Andressa Cabral Botelho em 14/05/2021 às 21h. Editado por Dani Moura.

Em pouco mais de um ano desde o primeiro caso de covid-19 no país, a cidade do Rio fecha a semana próxima dos 300 mil casos da doença, sendo hoje um dos nove estados onde os casos voltam a avançar. Após o país ter apresentado um recorde de 77 mil novos casos em 27 de março e vir em leve queda em abril, as infecções e notificações diárias voltaram a subir. Somente hoje (14), o país registrou mais de 85 mil novos casos.

Embora ainda exista o risco, nesta semana, toda a cidade recuou no nível de risco e saiu o risco muito alto para o risco alto. Com isso, o Prefeito Eduardo Paes cogita, até, em realizar os grandes eventos da cidade, como réveillon e carnaval, caso seja possível cumprir o cronograma de vacinação. O grupo de trabalho segue analisando o cenário da cidade para pensar nos próximos passos.  

Entre 03 e 10 de maio, as taxas de ocupação de leitos apresentaram queda em boa parte dos estados, mas o Rio é o único da região Sudeste que se encontra na zona crítica, mas vem em um movimento de queda, segundo o Boletim Epidemiológico da Fiocruz. Nesta sexta-feira, o estado está com 75% de ocupação de leitos de UTI e 63% de leitos de enfermaria, de acordo com painel da Secretaria de Estado de Saúde. A capital tem 82% de ocupação. 1.378 pessoas internadas e 14 pessoas na fila de espera.

Na cidade hoje são 299.976 casos confirmados e 25.194 mortes. Na Maré são, até o momento, são 4.313 casos confirmados – 365 no intervalo de uma semana – além de 270 pessoas que morreram e que moravam no conjunto de favelas.

Produção de vacinas interrompidas

Com a falta de insumos vindos da China, a Fiocruz ameaça suspender a produção de vacinas já na próxima semana, o que pode ser uma barreira no planejamento do governo municipal de imunizar a população da cidade acima de 18 anos. Justamente pela fala do IFA, o Instituto Butantan informou que a partir de hoje (14) suspendeu a sua produção. Nesta sexta-feira, a cidade recebeu remessa do imunizante produzido em São Paulo e seguiu vacinando a população acima de 60 anos que deveria receber a segunda dose (D2).

Até o momento, 850.698 pessoas tiveram acesso às duas doses de vacinas e 1.764.710 receberam a primeira dose. Entre as pessoas acima de 60 anos, 96,8% já foram imunizadas. Na área de planejamento 3.1, que a Maré faz parte, 218.205 pessoas já foram imunizadas com a primeira dose e 118.463 receberam a D2. Destas, apenas 15.703 pessoas tomaram a D1. Quando olhamos para a D2, o número é ainda menor: 6.295 pessoas imunizadas.

Maré em tempos de coronavírus

Celebrando o último domingo, dia das mães e o Dia das Mães e também o Dia Internacional das Mães Vítimas de Violência do Estado. No último episódio do podcast Maré em tempos de coronavírus mães da Maré fala sobre o processo vivenciado por muitas mães de favelas: o luto que vira luta, convidando mães da Maré que perderam os seus filhos diante a violência de estado. Além disso, Bruna Silva, Claudia Oliveira e Irone Santiago falaram sobre os planos para o futuro e sonhos dessas mães de favela, que são ainda mais atravessados pelas questões que a pandemia impõe à essas mulheres nos territórios. Confira o episódio no perfil da Redes da Maré no Spotify.

Herança africana: o 14 de maio

Começa a partir desta sexta (14) uma série de lives do projeto Herança Africana, do Espaço Marcio Conde, de Padre Miguel, Zona Oeste, falando sobre o impacto da escravização na população brasileira e o que veio depois do dia 13 de maio e as faltas de políticas públicas para inserir a população negra na sociedade.

#LivesQueMovem

Aproveitando a proximidade com o 13 de maio, neste sábado (15) o coletivo Negras Que Movem vai fazer uma live comemorativa em homenagem ao Dia da(o) Assistente Social, tendo em vista que grande parte da categoria ser formada por uma parcela significativa de pessoas negras. A live vai reunir quatro nomes do setor para dialogar sobre a importância do/a assistente social, quais os espaços que ocupam e a importância da Política de Assistência para a promoção da igualdade. A live vai acontecer o perfil do Instagram do Negras que Movem a partir das 10h30.

Perdeu alguma matéria da semana do Maré de Notícias, a gente acha para você. Confira os destaques da semana (08/5 a 14/5):

Dia 8/5, sábado
Coluna no Marcello Escorel – “O Inferno são os outros” (Sartre*)

Dia 09/06, domingo
“Mãe de favela”: o retrato das mães mareenses. Por Andressa Cabral

Dia 10/5, segunda-feira
Premiado de plantação de hortaliças em favelas, ‘Hortas Cariocas’ sofre com precarização. Por Hélio Euclides
Campanha de vacinação avança no município. Veja quem pode se imunizar esta semana.
O ambicioso plano do MIT para digitalizar as ruas e becos da Rocinha. Por Fala Roça

Dia 11/5, terça-feira
Anvisa investigará morte em grávida que recebeu vacina Astrazeneca; Por Edu Carvalho
Em segunda semana de sabatinas, CPI da Covid receberá diretor da Anvisa para esclarecimentos. Por Edu Carvalho
Mais 266 escolas retomam aulas presenciais. Profissionais de Educação recebem máscaras PFF2
Por que defendemos o impeachment de Bolsonaro
Ministério Público do Rio cria ‘força-tarefa’ para investigar chacina em Jacarezinho
EDITAL PARA SELEÇÃO DE EDITOR/A/E DE TEXTO
Mais 266 escolas retomam aulas presenciais. Profissionais de Educação recebem máscaras PFF2

Dia 12/5, quarta-feira
Observatório de Favelas lança nova cartilha de combate ao coronavírus. Por Dani Moura
Pfizer: Rio recebe vacina e volta a imunizar grávidas com comorbidades
“Nem bala, nem fome, nem Covid”: Dia 13 de maio será marcado por ato contra racismo e genocídio.

Dia 13/5, quinta-feira
A pandemia da fome nas favelas: A difícil sobrevivência entre a luta, o luto e o estômago vazio. Por RioonWatch
Frente Nacional Antirracista faz grande ato de protesto nacional ao dia 13 de maio, dia da “abolição”
Moradores da Maré reclamam de suspensão de atendimento odontológico nas clínicas da família. Por Amanda Pinheiro
Vacinação no Rio: antecipação de calendário e cronograma até outubro marcam a semana
Dia 14 de maio: o que veio depois da libertação? Por Andressa Cabral
Dia 13 de maio é marcado por manifestações em todo o país. Por Amanda Pinheiro

Dia 14, sexta-feira
Mães rompem o ciclo da violência. Por Kelly San
A arte como resistência. Por Dinho Costa e Hélio Euclides

Compartilhar notícia:

Inscreva-se

Mais notícias
Related

Vale a pena ler de novo: 3 matérias sobre o Vacina Maré

No 'Vale a Pena Ler de Novo' desta semana, o Maré de Notícias resgata três matérias sobre a campanha #VacinaMaré, que teve início no fim de julho de 2021 e foi um marco no combate à covid-19 no território