Ronda Maré de Notícias: Todas as regiões administrativas do Rio tem alto risco para covid-19

Ronda Maré de Notícias: Todas as regiões administrativas do Rio tem alto risco para covid-19

Na última semana, a Maré era uma das cinco regiões que ainda estavam em risco moderado

Por Andressa Cabral Botelho, em 22/01/2021 às 19h25

Após resultado do terceiro boletim epidemiológico da Prefeitura do Rio, divulgado nesta sexta-feira (22), todas as 33 regiões administrativas da cidade encontram-se em risco alto para covid-19. Desde o primeiro boletim, no dia 08 de janeiro, o número de regiões indo de risco moderado para alto veio em crescente, apontando para uma evolução expressiva para o risco da doença na cidade. Na última semana, apenas cinco localidades estavam em risco moderado, quatro delas favelas – Maré, Jacarezinho, Complexo do Alemão e Rocinha. A partir desta sexta-feira, as cinco regiões que passaram a registrar alto risco também devem respeitar as medidas de higiene e cuidado.

O que muda para essas cinco regiões e que deveria estar sendo aplicado no restante da cidade, é a limitação da capacidade de lotação de estabelecimentos, alteração nos horários de funcionamento e ampliação das regras de distanciamento em locais fechados. Entretanto, para que essas normas aconteçam, deveria existir fiscalização por parte dos estabelecimentos em parceria com órgão da Prefeitura. 

  • Supermercados, padarias e farmácias devem ter limitação de ⅔ da capacidade e priorizar serviços de entrega ou apenas retirada para evitar aglomerações na loja clientes a 2/3 da capacidade, 
  • Shoppings devem funcionar com ⅔ da capacidade;
  • Cinemas e teatros devem reduzir a capacidade para ⅓;
  • Exigir que os clientes usem máscara durante a sua permanência no estabelecimento;
  • Em bares, manter o distanciamento de 1,5m entre as mesas e proibir o consumo de clientes em pé.

O indicador utilizado pelo Centro de Operações e Emergências – COE Covid-19 para identificar o risco das áreas é o número de internações e óbitos. Hoje (22) a cidade registrou 482 novos casos e 65 novas mortes, totalizando em 183.195 casos e 16.608 mortes no Rio, de acordo com o painel da Prefeitura. São 560 pessoas internadas na rede municipal, 210 delas na UTI. Na rede SUS 985 leitos estão ocupados e 493 desses leitos são de UTI. Na Maré, são 1.381 casos confirmados, 30 novos casos desde a última Ronda Maré de Notícias, no dia 15 de janeiro. 

Vacinação no Rio

A partir do dia 18 de janeiro, as primeiras pessoas começaram a ser vacinadas na cidade do Rio. Até o momento, 42.563 pessoas foram imunizadas nessa primeira fase, o que equivale a 38,7% da meta geral da cidade, que são 110 mil pessoas. Entre elas estão 35.130 profissionais da área de saúde que estão na linha de frente do combate à covid-19, 6.624 idosos que moram em asilos, 623 pessoas com deficiência que moram em instituições, 143 quilombolas e 43 indígenas aldeados na cidade. 

Na quarta-feira (20), funcionários de unidades de saúde da Maré começaram a ser vacinados. Profissionais de saúde de unidades do Jacarezinho, Vila Kennedy, Complexo do Alemão também começaram a ser vacinados nesta semana.

Profissionais fora da lista de prioridade furam fila de vacinação

Mesmo com a notícia do início da vacinação e existindo grupos prioritários – trabalhadores da saúde, idosos que morem em abrigos, pessoas com deficiência que também morem em abrigos, quilombolas e indígenas aldeados – algumas pessoas fora do grupo de prioridade receberam a vacinação. Enquanto isso, pessoas que lidam diretamente com pacientes, como maqueiros, não estão sendo vacinados. No estado do Rio, por exemplo, já foram registrados políticos, educadores físicos, dentista, engenheiro sendo vacinados, mas o fato não é exclusivo ao estado. Sabe-se que todos precisam ser vacinados, mas é necessário respeitar as prioridades e não burlar o plano de vacinação.

Aprovação de uso emergencial de novas doses de CoronaVac

Em decisão unânime, a Anvisa aprovou nesta sexta-feira (22) mais um lote de uso emergencial da CoronaVac. Este é o segundo pedido feito pelo Instituto Butantan neste mês. A diferença dessas doses que foram liberadas hoje, um total de 4,8 milhões, é que elas já foram envasadas no Instituto Butantan. Já as 6 milhões de doses liberadas no domingo vieram da China.

Alteração de cor e gosto da água

Nos últimos dias, moradores de diversas regiões da cidade do Rio notaram alteração na água, que apresentou gosto e cor, assim como no início do ano passado. Após reclamações, a Cedae, empresa responsável pelo tratamento de água e esgoto, tomou medidas para eliminar qualquer alteração de gosto e cheiro da água distribuída. Em nota, a empresa divulgou que foram feitas coletas de material que detectaram alterações na água bruta, próxima à Estação de Tratamento de Água Guandu, e, ao que tudo indica, há presença de geosmina/MIB. 

Logo no dia 19, dia que o material foi coletado, a empresa fez a aplicação de carvão ativado na estação para reforçar o tratamento da água e de argila ionicamente modificada na lagoa de água não tratada para reduzir a proliferação das algas que liberam a geosmina/MIB.

Oficinas de teatro do Museu da Maré

O Projeto Entre Lugares Maré realiza dos dias 23 a 25 de janeiro, às 19h, a apresentação Que boca na cena?. Ao longo dos três dias, vão acontecer oficinas artísticas de montagem teatral, iluminação, restauro de figurino, corpo e movimento e pesquisa de campo/leitura e escrita. O projeto se localiza no Museu da Maré e atende 30 jovens do território, mas vai ser realizado de forma virtual através da plataforma Zoom. Para mais informações, acompanhe no instagram do Que boca na cena? e Entre Lugares – Maré.

Vagas abertas para preparatório na Maré

A Redes da Maré abre inscrições para curso preparatório para o Ensino Médio. As inscrições vão do dia 21 de janeiro até 17 de fevereiro e podem ser feitas pelo site da organização, que já liberou edital com informações sobre a vaga. Caso não possua acesso à internet, é possível ir em uma das duas sedes da Redes em que deseja estudar para se inscrever. Na Nova Holanda o funcionamento vai de segunda à quinta-feira, de 12h a 17h. Já na Vila dos Pinheiros, o funcionamento é de segunda a quinta-feira, de 13h a 17h.

Perdeu as notícias da semana? O Maré de Notícias acha para você:

Domingo (17)
Em caráter emergencial, Anvisa aprova vacinas de Oxford e CoronaVac, por Edu Carvalho. Leia mais.

Segunda-feira (18)
Rio tem início de vacinação marcado para hoje; primeiras vacinadas estarão no Cristo Redentor, por Edu Carvalho. Leia mais.

Terça-feira (19)
Conjunto de favelas da Maré completa 27 anos de reconhecimento como bairro, por Hélio Euclides. Leia mais
Número de mortes em favelas chega a 3 mil, por Edu Carvalho. Leia mais.

Quarta-feira (20)
Saiba o que abre ou não no feriado de 20 de janeiro, dedicado a São Sebastião, padroeiro da cidade, por Edu Carvalho. Leia mais.
Festejo a São Sebastião acontece virtualmente nesse ano, por Edu Carvalho. Leia mais.
Maré: um bairro de luta favelada, por Thaís Cavalcante. Leia mais.
Profissionais da saúde são vacinados na Maré, por Thaís Cavalcante. Leia mais.

Quinta-feira (21)
A intolerância é uma forma de dominação social, por Professor Doutor Babalawô Ivanir dos Santos. Leia mais.
‘Projeto Rocinha’ proporciona cinema, música e campanha de saúde para a favela, por Edu Carvalho. Leia mais.
Carnaval fora de época no mês de julho é cancelado, por Edu Carvalho. Leia mais.
Índia exportará vacinas de Oxford para o Brasil, por Edu Carvalho. Leia mais

Sexta-feira (22)
Maré comemora 27 anos como bairro em reunião com presidentes de associações, por Hélio Euclides. Leia mais.
Capital fluminense tem aumento no número de regiões com alto risco de contaminação, por Edu Carvalho. Leia mais.
Policiais realizam operação na favela Marcílio Dias, por Edu Carvalho. Leia mais.
Desembargadora autoriza o uso de helicópteros em operações policiais, por Edu Carvalho. Leia mais.

Se você encontrou um erro de ortografia, notifique-nos por favor, selecionando o texto e pressionar Ctrl + Enter.

Andressa Cabral Botelho

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Nossos editores são notificados.